domingo, 22 de janeiro de 2012

Acabaram-se as Viagens!?


"Agora acabaram-se as Viagens!"
Desde que engravidei que não oiço outra coisa! 
Alguém me pode explicar, como se eu tivesse 6 anos, porque é que o facto de estar grávida e de ir ter uma filhota - by the way, é uma menina - vai ditar, ou já ditou, o fim das nossas aventuras de viajantes? É que eu, que já pensei sobre o assunto sobre várias perspectivas, não consigo perceber a relação:
Filhos = Fim das Viagens (?)
Juro que não percebo! Em todas as viagens que fiz vi centenas de casais/pais com os seus filhos, e alguns deles ainda de tenra idade, e todos eles me pareceram super felizes!
Se há alguma coisa que vai mudar nesta coisa das viagens é que a partir de agora, para além da decisão sobre o destino, vamos passar a ponderar quantos vão na aventura... se vamos só os dois  - porque eu acredito que apesar de nos tornarmos pais, também temos direitos aos nossos momentos a dois - se vamos os três, ou se vai a famelga toda! Tirando estas questões logísticas, não estou a ver nada, mas nada mesmo, que me impeça de continuar a viajar!  
E sim... eu tenho consciência que a chegada de uma criança na vida de uma pessoa, implica muitas mudanças, mas não acredito que as coisas mudem a tal ponto que deixamos de ser quem somos e de usufruir daquilo que nos faz feliz!

3 comentários:

Janica disse...

Lili,

Tenho um filho de 4 anos como sabes, e desde que ele nasceu já fui com ele ao Brasil visitar família
é certo, mas numa viagem de 8 horas de avião e agora recentemente fomos à Noruega. Acho que devemos levá-los sempre que possível e devemos ir a dois sempre que precisamos de tempos a dois. a tua opinião é a mais acertada. Desde que ele nasceu ja fui sozinha a Nova Iorque por 10 dias a e Roma por 5, em casal e foi muito bom! Desde que haja dinheiro acho que pensas da maneira correcta! Por vezes vão os 3, por vezes vão só os 2 ! bjs e continuação!

disse...

"aproveita agora que quando tiveres filhos isso acaba"! Ai o que isso me irrita!

Eu sei que muita coisa muda, começa logo na parte financeira, porque com crianças passa a gastar-se mais nas viagens ( e em tudo), já não podes ficar hospedada em qualquer sítio, nem podes ver 799 coisas num dia, pois elas terão outro ritmo, provavelmente não vais com a pequenita escalar o kilimanjaro, mas qual é o problema das viagens com crianças? Portanto é apenas planear melhor. E tal como tu, tb sou apologista das viagens ou momentos a dois, é para isso que servem os avós.


P.s. - o meu colega foi 1 mês para o Japão e Filipinas com a filha de 26 meses e ela adorou...

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Já sabes a minha opinião qt a isso...na minha maneira de viajar não consigo encaixar uma criança, tanto por ela cm por nós...por isso no nosso caso vamos ter mesmo que abdicar de viajar, pelo menos cm nós gostamos( andar das 8 da manhã ás 2 da manhã por td o lado, não pensar em horas, refeições, em nada....) mas tb acho que ter um filho deve suplantar qq viagem que se possa fazer :) Qt ao teu caso ..oh mulher, tu faz o que bem entenderes e não ligues!!! :D